30 de mar de 2012

Charlotte Free em entrevista traduzida!

Em seu perfil no Buzznet, Audrey Kitching, minha modelo favorita de anos atrás, entrevistou uma das meninas que eu mais admiro atualmente. Estou falando sobre Charlotte Free, aquela modelo com cabelos cor-de-rosa que já desfilou para a Chanel e estampou as páginas das revistas de moda mais populares do mundo. Considerada baixa demais para as passarelas, Charlotte parece estar seguindo os passos de Kate Moss ao usar seus míseros 1,70m como charme e conquistando um lugar sob o ardente sol das indústrias da moda.

Através de vinte perguntas, podemos descobrir um pouco mais sobre a super-reservada modelo e esperar por novos projetos. Tendo em vista o fato da Audrey não responder ao meu pedido de tradução da entrevista, eu a fiz de qualquer forma e espero que vocês gostem! Vamos lá?


Primeiro de tudo, conte-nos como você foi "descoberta" e como sua carreira como modelo começou.
Um cara chamado David Mushegain me encontrou e tirou fotos minhas. Depois, ele começou a enviar essas fotos em mensagens para pessoas que ele conhecia e uma agência acabou se interessando, então eu peguei um voo para New York com meu namorado e foi assim que tudo começou. Foi surreal!

Qual foi sua sessão de fotos, campanha ou trabalho favorito até agora?
Eu sempre sonhei em ir a um lugar com praia e floresta, então ter ido ao Hawaii para fazer a campanha da Wildfox foi muito legal, pois é um lugar que eu gostaria de conhecer. Quero muito voltar ao Hawaii e conhecê-lo melhor.


Seu cabelo rosa é sua marca registrada. Você decidiu tingi-los por um capricho ou sempre teve vontade de ter cabelos nessa cor?
Eu sempre quis ter cabelos coloridos, mas nunca pude fazer nada além do rosa, porque essa cor iria durar até o final do ano passado. Eu gostaria de tentar todas as cores, e talvez, algum dia, eu faça isso.

Como você descreve seu estilo? De onde você tira inspiração?
Eu absorvi muito da minha infância. Possuo memórias muito coloridas dessa época e gosto de usá-las como inspiração. Meus primos tinham cabelos coloridos e me lembro de dizer à minha mãe o quanto eles se vestiam bem. Eu adorava abrir seus guarda-roupas e experimentar tudo!

Você tem algum talento secreto?
Tenho, mas estou esperando o momento certo para fazer as coisas certas. Eu costumava tocar alguns instrumentos, e isso é algo que eu quero fazer de novo. Neste momento, eu estou trabalhando em alguns projetos paralelos, então, talvez em breve, eu possa mostrar às pessoas que não sou apenas uma modelo.

Se você pudesse ser um animal, qual você seria e por quê?
Eu mudo muito a minha opinião sobre isso. Eu adoraria ser um macaco, mas também gostaria de ser uma felina. E eu acho que seria um lêmure também. Eles são tão legais!

Você precisa viajar muito à trabalho? Se sim, qual foi a melhor cidade que você já conheceu?
Eu amei Londres, mas apenas pelas pessoas. Adoro o pessoal de lá, porém não aprecio ficar diante das câmeras o tempo todo. Eu também amei Amsterdam. Dirigir pela Holanda foi tão adorável!


Às vezes, na indústria da moda, as pessoas mantém uma disputa de ego e ciúmes entre modelos e agências. Isso já aconteceu com você? Como você conseguiu superar e fazer bons amigos?
Eu sou o tipo de pessoa que faz amizade com todo mundo, então se alguém traz essa merda de assunto à tona eu apenas dou risada. Não me importo com isso. Me sinto muito mal quando vejo coisas assim acontecerem com as outras meninas. Não gosto de ver pessoas sendo cruéis. Eu costumo pensar que a maioria das pessoas tem coração bom, mas nessa idade elas fogem muito de suas personalidades. Enfim, a maioria das pessoas é legal.

Você alguma vez já teve vergonha ou se sentiu desconfortável diante de uma câmera?
Eu acho que sou a modelo mais sensível do mundo. Fico muito tímida quando uso roupas que mostrem demais meu corpo e sou muito sensível à luz, frio e maquiagem, provavelmente mais que qualquer outra modelo.

Ser modelo é uma profissão fácil ou é mais difícil do que as pessoas imaginam?
Pra mim é difícil, porque sou muito sensível. Eu sou sortuda pelos meus bookers se importarem comigo e perceberem o quanto sou assim. Viajar é tão complicado pra mim... Eu sou muito parecida com meu sapo de estimação: ele é muito delicado, vive em um ambiente apropriado pra ele e ainda veio com manual de instruções.

Filme favorito?
Eu amo Princesa Mononoke, pois ele assemelha-se à minha alma, mas As Grandes Aventuras de Pee-Wee também é meu favorito.

Cinco coisas sem as quais você não pode viver sem?
Minha liberdade, as pessoas que amo, minha casa, roupas confortáveis e sapatos mais confortáveis ainda.

Eu li em algum lugar que você estava trabalhando em alguma música. Qual será o estilo desse projeto? Você pretende dar continuidade a ele?
Eu não comecei oficialmente e não conseguiria descrever o estilo desse projeto, mas posso dizer que é o mesmo tipo música que eu sempre criei na minha cabeça. Espero que dê certo, porque é ago que eu sempre quis fazer.


Eu sei que você é ligada às energias espirituais, assim como eu, então o que você pensa sobre 2012? Acha que vai ser mais um despertar da mente ou apenas melancolia pelas desgraças do mundo?
Ambos. Digamos que se não for um grande despertar mental, vai ser uma séria melancolia. Eu nasci com algo extremamente grande no meu coração e sempre tive um espírito guerreiro, ou seja, eu vou lutar pela minha liberdade até o fim. As pessoas vão me chamar de louca, uma teórica da conspiração ou paranoica, mas se alguma vez o Mundo da Melancolia chegar, eles serão os primeiros a morrer. Acho que este é um momento importante para se ter a mente aberta.

Diga 5 fatos sobre você que as pessoas desconheçam:
1. As pessoas não sabem nada sobre mim. Eu não revelo muito sobre minha vida pessoal, então as pessoas acham que sabem de alguma coisa.
2. Eu não gosto de viajar com minhas roupas bonitas, então se você vir uma foto minha, saiba que eu estou usando roupas específicas para avião.
3. Eu como muito mais do que as pessoas pensam.
4. Eu não estou "apagada" desde 2009.
5. Eu não bebo e acho festas idiotas.

Qual é a melhor e a pior coisa em ser modelo?
A melhor coisa é começar uma nova experiência e a pior é estar fora do meu território. Isso realmente me tirou da rotina que eu mantinha há anos. Me sinto muito agradecida por tudo que tenho feito. As pessoas nas indústrias tomam tudo como certo e não se sensibilizam com nada, mas eu acabei me tornando uma pessoa sensível.

Se você só pudesse comer uma comida pelo resto da sua vida, qual seria?

Eu ficaria com meus sucos. Gosto de misturar legumes e frutas, e eles me fazem sentir incrível. E eu amo batata frita também!

Cães ou gatos? Você tem algum animal de estimação?
AMBOS! Eu tenho tantos animais de estimação... Amo muito os animais e adoraria que as pessoas cuidassem melhor dos seus. Isso deveria ser lei. Estou farta de ver gatinhos e cachorrinhos para adoção. E o incentivo da PETA à eutanásia em massa não é a solução. CASTREM SEUS SEUS BICHINHOS, POR FAVOR <3


______________________________________________



E então, o que acharam da entrevista?
Ficaram, como eu, ainda mais apaixonados pela Charlotte?

Nenhum comentário:

Postar um comentário